Loja

08 JUN | Curso de Biofertilizantes e microbiologia do solo

84,60 94,00 
2 ou mais Inscrições = 10% Desconto

Curso de produção de Biomateriais com recurso ao micélio

Em stock (pode ser encomendado sem stock)

REF: CURSBIOM01 Categoria:

Programa da Formação de Biofertilizantes e microbiologia do solo

Valor da inscrição no Curso – 94 € / Formando

Formação ministrada na sede da Aromas e Boletos em Leiria

Duração – 7 Horas

Inicio: 10h00 e fim às 18H00

Grupos de pelo menos duas inscrições 10% desconto

Limite máximo de Formandos 12.

As inscrições só serão consideradas mediante pagamento.

As desistências só são aceites e devolvido o valor da inscrição com cinco dias úteis de antecedência da data da formação.

Só haverá lugar à restituição de 50% do valor da inscrição se a desistência não cumprir com o estipulado no número anterior ou a possibilidade de transição do valor pago para outro curso.

A Aromas e Boletos reserva-se ao direito de adiar a formação por falta de número mínimo de Formandos.

Objetivos da formação: 

Esta formação tem por objetivo preparar os formandos para a elaboração autónoma dos seus biofertilizantes com recurso a microrganismos vivos e sem químicos nocivos para os ecossistemas, a preços muitos competitivos. Por outro lado, também proporcionar soluções de melhoria da saúde dos solos que vão produzir alimentos mais ricos, saborosos e saudáveis.   

Vantagens do uso de biofertilizantes:

Em primeiro lugar temos de perceber como funciona um sistema florestal que é composto por vários elementos que desempenham diferentes funções. Estas funções integradas, funcionam como um sistema holístico, como se de um caos controlado se tratasse, mas que mantem a harmonia com relações de simbiose e de entropia.

“Solo São, alimentos sãos”     

Nutrição equilibrada:

Os microrganismos presentes na matéria orgânica, têm um papel de vital importância na quebra de moléculas que permitem a absorção dos nutrientes pela planta. Os nutrientes são libertados para o solo e convertidos em formas que as plantas os posam absorver de forma mais eficiente.

Redução da Perda de Nutrientes:

Os biofertilizantes têm maior capacidade de fixação dos nutrientes. Isto ocorre porque a matéria orgânica e os minerais aumentam o poder quelante, desta forma estes fertilizantes retêm os nutrientes com maior eficiência e evitam processos de lixiviação e volatilização.

Melhoria do desenvolvimento do sistema radicular:  

Os biofertilizantes aumentam o desenvolvimento do sistema radicular das plantas pois, os microrganismos presentes no rizoma, estimulam o crescimento radicular.

Melhoria da capacidade de retenção e absorção de água:

Os biofertilizantes oferecem mais capacidade de retenção e absorção de água pela planta. Solos com mais matéria orgânica e microrganismos apresentam mais capacidade de infiltrar e armazenar água em maior quantidade, isto por que a matéria orgânica se comporta como uma esponja e que depois a liberta para a planta de forma controlada.

 Agregação da estrutura do solo:

Os biofertilizantes possuem a capacidade de criar centros de intercambio, pois, a matéria orgânica e microrganismos presentes nos biofertilizantes fazem com que as partículas de solo formem agregados estáveis, retendo nutrientes e água e reduz o risco de formação de crostas superficiais. Previne a erosão e recupera solos degradados, pois a matéria orgânica torna-o mais estável e com maior estabilidade dos agregados.

Controlo do PH do solo:

A matéria orgânica e microrganismos permite melhorar a estabilidade e resistência do PH do solo e o poder tampão contribuindo para que o solo mantenha o PH equilibrado.  

Programa da Formação:

Ecossistemas naturais;

Microbiologia do solo;

Cadeias tróficas na rizosfera;

Benefícios do uso de biofertilizantes e microrganismos benéficos;

Saúde e nutrição das plantas;

Principais fungos micorrízicos com importância para as plantas e solo;

Principais bactérias com importância para as plantas e solo;

O que é um biofertilizante e os benefícios do seu uso;

Aplicação de fungos endo e ectomicorrízicos pioneiros, bactérias, protozoários com importância para as plantas;

Formulação de todos os bioferlizantes elaborados na parte prática.

Parte prática com elaboração de biofertilizantes, fungicidas e estimulantes radiculares:

Microrganismos nativos (fungos, bactérias, protozoários, bacillus, vírus) – reprodução, manutenção e aplicação foliar ou no solo;

(JMS) Microrganismos solúveis, como fazer e sua aplicação foliar ou no solo;  

Lactobacillus – Reprodução e aplicação foliar ou no solo;

Chás de extratos, como fazer e sua aplicação;

Humos hidrolisado – Como fazer e sua aplicação;

Fermentados de plantas (FPJ) e Fermentados de Fruta (FFJ) como fazer e sua aplicação via foliar ou no solo;

Biofertilizantes e fermentados com água do mar como fazer, sua aplicação foliar e no solo;

Purins – como fazer e sua aplicação foliar ou no solo;

Biochar (carvão bioativado) como fazer biochar com casca de frutos secos, ossos, madeira, serrim, tecidos, rolhas de cortiça, tudo que não seja possível compostar. Como ativar e a sua aplicação no solo;

Minerais, como recolher e sua aplicação no solo ou via foliar;

Panados de sementes, como fazer;

Fungicidas elaborados com plantas e frutos;

Repelentes de insetos, como fazer e sua aplicação via foliar;

Extração de cálcio solúvel, como fazer e sua aplicação via foliar;

Estimulantes de enraizamento, como fazer e sua aplicação.

 

 

Tem questões ou dúvidas? Contacte-nos!